Previsões do Tarot para dezembro de 2020

[adsense1] [adsense2]

Chegamos ao final de um dos anos mais atípicos que já tivemos. Foram meses tensos, marcados por caos e perdas em todos os níveis, vivendo sob ameaça biológica que nos forçou a criar novas rotinas regrada por medidas de sobrevivência e minimização de danos. As previsões do Tarot para dezembro de 2020 chegam com o Arcano do mês: A Sacerdotisa.

A Sacerdotisa, sentada em seu trono, contempla em silêncio, tudo o que ficou para trás, tudo que vivemos, tudo o que se passou e está registrado em seu livro, mergulhada em profundas reflexões.

Nessa carta, vemos uma sacerdotisa sentada com um livro no seu colo, quase totalmente coberta por suas pesadas e fartas vestes, expondo somente seu rosto e suas mãos. Seu cargo sacerdotal é interpretado como um símbolo de virgindade, de uma mulher intocada, cujo corpo não está acessível a ninguém. Também fala da clausura religiosa. O livro em seu colo representa o saber produzido pela observação, os registros e as memórias.

O final do ano é o encerramento de um ciclo social que nos leva ao começo de um novo período, sendo um momento cheio de emoções e sentimentos, com a esperança soberana, norteando o nosso olhar para o futuro. Nas condições atuais, tudo isso se torna muito mais intenso (se você quiser ler as previsões para 2021, vem aqui).

A carta das previsões do Tarot para dezembro de 2020, como síntese dessa fase de transição, nos leva a ter atenção a pontos essenciais da vida atual: a necessidade de recolhimento, de nos resguardarmos e nos protegermos. De observarmos com cuidado e atenção tudo o que vivemos, até então, refletindo e aprendendo com nossos erros e acertos.

Os problemas ainda não acabaram, que não temos o controle das coisas, estando sujeitos a forças maiores e que, o que vale não é o “o que dizem”, mas o que se estudou e a palavra de quem sabe, o que está “nos livros”.

Entenda A Sacerdotisa

Reparem que A Sacerdotisa é o segundo arcano maior do Tarot, encontrando-se no início das cartas. Uma carta de início no fim de um ciclo indica que não há fim, que o que vivemos terá continuidade, pelo menos no início da nova fase e que essa nova fase é a parte final desse extenso período.

Portanto, é possível que a gente inicie o novo ano com antigos problemas, mas lidando de forma diferente, com força para iniciar a superação.

O Tarot é um oráculo extremamente rico e bem estruturado simbolicamente, tendo seus arcanos ligados de várias formas. A mais importante delas é o número. Além de posicionar, o Tarot cria pontes entre eles.

A Sacerdotisa é o Arcano II, certo? Então ela se liga por sequência ao I que a antecede e ao III que a sucede. Igualmente, se liga ao 11 (1+1=2) e ao 20(2+0=2), pois eles se reduzem ao 2. Seguindo esse princípio, podemos observar os arcanos do ano e encontrar uma ligação do mês de dezembro ao mês de março, que foi regido pela carta A Morte, e ao mês de outubro, representado pelo seu arcano sucessor, a Imperatriz.

O mês de março foi quando os casos de infecção e óbito por Covid-19 começaram a subir. O mês de outubro foi quando começamos a nos aproximar da possibilidade da vacina. Dessa forma, a Sacerdotisa de dezembro representa morte e vida. A tendência natural do dois é ir para o três, então, nos dirigimos para a cura e a saúde da Imperatriz, mas ainda tendo intrinsecamente as dificuldades do mês de abril, ou seja, o potencial do aumento de contágios e óbitos.

O olhar atento da Sacerdotisa, e o registro dos acontecimentos e memórias do seu livro, pedem para não esquecermos o passado, pois é aí que estão os aprendizados que devem ser referência para vivermos o hoje.

Ela diz que há como evitarmos danos maiores, estando os rumos dos acontecimentos e as consequências de nossas ações, em nossas mãos, pois poderemos nos encontrar em situações vividas anteriormente , não havendo desculpas para os prejuízos causados pela repetição dos mesmos erros, pois dessa vez, os novos danos serão sobre antigos danos, tendendo se agravarem.

Tudo está frágil, mas, ao mesmo tempo, pleno de possibilidades de melhoria e de criação do novo. Só depende de nós, de cada um fazer a sua parte.

A nível pessoal: é tempo de ficar na sua, calar e ouvir mais do que falar. Vale aquele famoso ditado: “O silêncio é de ouro”! Se puder, não tome decisões importantes agora. Pense mais um pouco, reflita mais sobre suas questões. Análise tudo com cuidado e minúcia, prestando atenção nas letras miúdas. Você pode aproveitar o momento o que o Tarot pode destacar sobre vida amorosa, familiar, profissão, saúde, diversão e mais para os próximos seis meses. Jogue aqui a versão gratuita e confira a carta síntese do seu próximo semestre.

A interiorização é a excelência do Arcano II, que estimula a prática da meditação e toda forma de conversa, experiência e leitura que promova o autoconhecimento. Falando em leitura, esse é um bom momento para ler um livro. Os estudos estão altamente beneficiados, portanto, é favorável fazer cursos e iniciar aprendizados.

Previsões do Tarot para dezembro de 2020

O momento não é o melhor para correr riscos. Apesar do mês de dezembro ser um mês de ganhos e gastos, por causa das celebrações de final de ano, em especial o Natal, é prudente fazer economia, diminuindo ao máximo as compras e deixar esse dinheiro guardado para o futuro.

No trabalho, qualquer forma de aprimoramento através de capacitações e formações fará a diferença nessa área. Se tiver oportunidade de o fazer, não pense duas vezes. A tendência geral é de não haver mudanças significativas imediatamente, com tudo se mantendo numa certa tranquilidade e estabilidade.

Amor em dezembro

Para quem não está em um relacionamento, o fluxo da vida pode levar à solidão temporária, que pode ser aproveitada para que se faça uma boa e honesta avaliação da sua vida afetiva, procurando os pontos que precisa melhorar e reconhecendo tudo o em que se é bom de verdade.

cartas da corteCaso apareça alguém, é importante não expor a relação publicamente, pelo menos no início, dando um tempo para que possam se conhecer melhor e se adequarem às necessidades da vida a dois.

Para quem está em algum tipo de relação, é legal evitar falar sobre seus problemas e alegrias. Guardem essas informações para si e para as pessoas mais íntimas e de confiança. Procurem investir em programas mais íntimos, a dois, em casa ou algum espaço mais reservado.

Se há algo a se discutir, tentem esperar passar esse mês para iniciarem conversas importantes, aproveitando esse tempo de silêncio e introspecção para pensarem melhor e observarem mais as coisas como elas realmente são, comparando com a forma como vocês pensam que sejam.

Nada melhor do que estarem agarradinhos, se curtindo, sem grandes conversas e discussões sobre a relação e os problemas pessoais. Por outro lado, seria bom troca conhecimentos e experiências que trouxessem aprendizados.

Espiritualidade no último mês de 2020

Há um quadro pequeno na National Galery, uma famosa galeria de artes, em Londres, chamado “Uma Virgem em Prece”. Uma placa informativa diz que ele era nos oratórios das casas para que estimular as preces. Nele, há uma mulher muito parecida com o desenho da Sacerdotisa do Tarot de Marselha. Não por acaso, o aspecto espiritual do Arcano II é exatamente o que está descrito nas informações da obra.

A Sacerdotisa representa a espiritualidade vivida dentro de nós, através da nossa fé, das nossas preces, na nossa intimidade, dizendo que é hora de orar, de rezar, de cantar mantras, de buscar a espiritualidade dentro de nós. Algumas dicas:

  • Separe um tempo para fazer algum tipo de prece ou oração, seja para uma questão pessoal, para alguma pessoa querida, ou para questões maiores, coletivas. Faça como sentir, como quiser. Converse com a divindade da forma mais confortável e entregue seus pedidos.
  • Procure fazer essa oração com regularidade e ordem ao longo do mês. Todos os dias, uma vez por semana, a cada dois dias, aos finais de semana, etc.
  • Olhe para si durante todo o mês. Faça um balanço da sua vida, recorrendo às suas memórias.

Ritual para o Ano Novo

Na noite de Ano Novo, pegue duas folhas e escreva numa delas o que mais te atrapalha, o que não gosta, o quer se livrar, o que te faz mal e, na outra, o que mais deseja, o que mais gosta e o que é melhor na sua vida.

Antes da meia-noite, queime a folha ou as folhas que estão as coisas ruins que quer se livrar, decretando que naquele momento elas não mais fazem parte da sua vida, entregando-as ao fogo e a sua força purificadora para que ao queima-las ele as elimine de suas vidas com suas chamar e lhes iluminem a mente e o coração, trazendo consciência para que não as repitam mais.

Em algum dos primeiros sete dias do ano novo, sendo o dia primeiro, o mais forte, a qualquer hora, peguem a folha ou as folhas com o que mais desejam e enterrem ao pé de uma árvore ou num lugar bonito, como se estivessem plantando semente de felicidade, sucesso e realização, entregando tudo à  Mãe Terra para que o que já existe se fortaleça e o que ainda não existe se concretize e permaneça.

Lembre-se que a Sacerdotisa é a carta do recolhimento. Evite aglomerações, proteja-se, higienize-se, preserve-se e aos que lhes rodeiam.

Rumamos para um mundo novo, uma nova realidade, uma nova vida, muito melhor do que antes e hoje. Vamos seguir juntos, com responsabilidade e amor, unidos pelo coração e pela alma, por nós e por todos.

Feliz Ano Novo!

+ Descubra tudo sobre o seu signo: significados, características, planetas regentes e muito mais.

+ 2021 é logo ali, descubra o número do seu ano pessoal gratuitamente no Mapa do Ano Personare.

+ Sorteie 13 cartas no Tarot Semestral Personare e decubra como você irá viver cada área da vida nos próximos 6 meses.

+ Em 2021, o Ano Universal será simbolizado pelo número 5. Descubra como será o seu ano pessoal 2021.

Alexsander Lepletier

Alexsander Lepletier é formado em jornalismo e ativista de direitos humanos. Iniciou sua carreira de cartomante e tarólogo, em Portugal. Em Portugal, realiza anualmente o Encontro Internacional de Cartomancia. Atualmente, reside na cidade do Rio de Janeiro onde dá cursos e consultas online.

fortuneteller_21@hotmail.com

Esse autor faz parte do Portal Personare.
O Personare é o maior portal de autoconhecimento e bem-viver do Brasil. Temos a missão de inspirar transformações positivas na vida das pessoas e atuamos como um agente na difusão de um estilo mais saudável e sustentável em todos os níveis: físico, emocional, mental e espiritual. Buscamos sempre trazer temáticas que se somam para ajudar a cumprir a missão de inspirar o bem-viver das pessoas.
Saiba mais em https://persona.re/p21-wellington

Comments

comments

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*